O desempenho da indústria de implementos rodoviários fica equilibrado em 2024, porém puxado pelas vendas de semirreboques

De janeiro a maio deste ano o setor entregou ao mercado 61.667 unidades, ante 61.095 produtos comercializados em igual período de 2023. Portanto, na venda de implementos houve tímido crescimento de 0,9% no período.

Conforme a Anfir, que representa a indústria de implementos rodoviários, as enchentes no Rio Grande do Sul impactaram na redução dos emplacamentos previstos para o mês de maio. Todavia, a queda nas vendas de implementos para a linha leve o que reflete no resultado.

“As vans de carga estão tomando o lugar dos implementos como baú e furgões da linha leve. E o setor tem sido fortemente impactado”, diz o presidente da Anfir, José Carlos Spricigo.

Mas de acordo com o executivo, ainda sim há um equilíbrio no resultado final. O que mostra que a indústria como um todo soube manter o mercado logístico abastecido mesmo diante das enchentes que se abateram sobre o Rio Grande do Sul.

Afinal, muitas empresas fabricantes de implementos estão localizadas naquele estado. E de alguma forma foram afetadas. Ou seja, de instalações impactadas por causa das chuvas até escassez de matéria-prima e componentes.

Desempenho

O segmento de reboques e semirreboques, da gama pesada, registrou crescimento de 6,3% no período. Assim, de janeiro a maio de 2024, a indústria comercializou 36.967 unidades, ante as 34.776 em igual período do ano passado.

Contudo, o mercado de carroceria sobre chassis apresentou recuo de 6,15%. Ou seja, nos cinco primeiros meses do ano as empresas entregaram ao mercado 24.700 produtos, ante 26.319 em 2023.

Crise do silo vai aumentar as vendas de pesados

Com a queda do preço da soja no mercado internacional, muitos agricultores esperaram para vender a produção. Por causa disso, o que ocorreu foi excesso de estoques do grão no silo. Todavia, agora ocorre a produção de milho. Como resultado, o empresário terá de estocar esse milho.

Em outras palavras, em razão desse cenário, o produtor rural está buscando implementos para colocar esses grãos. Ou seja, puxando as vendas de reboque e semirreboque.

“Nós como indústria já vemos esses movimentos. Por essa razão, nem mesmo as chuvas do Sul interferiram no resultado das vendas. Ela ocorreu, mesmo que timidamente”, diz o presidente da Anfir.

Em razão desse cenário, mesmo com a linha leve em queda, a Anfir estima que o ano de 2024 será parecido com 2023. Assim, deve encerrar como 2024, em que a indústria vai encerrar com 90 mil implementos vendidos da linha pesada e 60 mil da gama leve.

Confira os cinco modelos mais emplacados da linha pesada

Graneleiro/carga seca 8.842
Basculante 7.991
Dolly 4.286
Baú carga geral 3.091
Tanque Carbono 3.275

Fonte: https://estradao.estadao.com.br/caminhoes/venda-de-implementos-cresce-timidamente-puxada-pela-linha-pesada/

#RGR #conexoeslatao #tubosdenylon #solenoides #caminhandocomqualidadeparaofuturo #conexoesaço #rgrpneumaticos #sistemapneumático #produtosoriginais #válvulasolenoide #alicatedecorte #diadocaminhoneiro